Nada sober vós sem vós

Log in
updated 7:06 AM UTC, Sep 15, 2021
Informação:
LEIA E PARTILHE: a última edição da revista digital da Plural&Singular que já vai na 26.ª edição e tem em destaque a 7.ª edição do concurso internacional de fotografia "A inclusão na diversidade"

APPC celebra Dia Mundial da Dança na praia do Titan

Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC) promoveu um workshop de Dança Inclusiva para celebrar o Dia Mundial da Dança.

A atividade realizou-se na última sexta-feira na praia do Titan, em Matosinhos, e foi dinamizada pela coreógrafa Ana Dora Borges.

“O principal objetivo, além da atividade física, centra-se em promover a Dança Inclusiva como linguagem universal promotora de ideais e como opção para a liberdade de expressão e a igualdade de direitos”, refere nota remetida à Plural&Singular.

A iniciativa da APPC juntou clientes e funcionários da instituição mas, como relata uma publicação nas redes sociais, tratando-se de um local público e frequentado, muitos curiosos quiseram associar-se à atividade.

FOTOS: APPC

Itens relacionados

  • “Feitas de Ferro, desenhadas a carvão” da APPC estreia sábado em Paranhos

    A violência sobre as mulheres é o ponto de partida da mais recente produção do grupo “Era uma vez... Teatro”, da Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC)

    A estreia está agendada para sábado às 21h30, no Auditório Horácio Marçal (Junta de Freguesia de Paranhos). Em cena serão apresentadas as histórias de dez mulheres que decidem “romper o palco e aumentar as possibilidades de sobrevivência” – despindo aquilo que o coletivo de teatro da APPC retrata como um “silêncio indigno das mulheres maltratadas”.

  • APPC: projeto de nova sede e residência universitária procura parceiros e fundos

    A Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC) tem um sonho: construir uma nova sede que simultaneamente acolherá estudantes universitários com deficiência. O projeto está orçado em 1,7 milhões de euros e deverá ser candidatado a fundos europeus.

  • Enfermeiro/atleta Duarte Gil atingiu a meta na APPC

    O enfermeiro/atleta Duarte Gil Barbosa, que no início de setembro anunciou que iria tentar correr 200 quilómetros e doar um euro por quilómetro à Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC), atingiu a meta e visitou recentemente a instituição.

  • Mais de 16 mil euros para o “APPC Playground”

    A Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC) conseguiu angariar 16.931,81 euros que irão a curto prazo ser aplicados na implementação do “APPC Playground”, um projeto que irá intervir nas áreas da educação digital e alimentar, bem como no apoio à empregabilidade. A verba foi angariada numa iniciativa promovida por uma grande superfície comercial.

  • APPC: Duarte Gil Barbosa doa um euro por quilómetro e desafia outros corredores

    Um atleta informal, Duarte Gil Barbosa, decidiu correr pela Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC). É enfermeiro mas corre há 14 anos e nos dias 17 e 18 de setembro vai participar no “24H Portugal 2016” em Vale de Cambra. Por cada quilómetro percorrido doará um euro. Quer fazer 200.

4°C

Lisboa

Limpo

Humidade: 49%

Vento: 14.48 km/h

  • 03 Jan 2019 7°C 3°C
  • 04 Jan 2019 8°C 1°C