Nada sober vós sem vós

Log in
updated 10:06 AM UTC, Jun 9, 2021
Informação:
TODOS CONVIDADOS: aniversário da Plural&Singular que é já terça-feira, Dia Internacional da Pessoa com Deficiência | Cerimónia no CPF, no Porto, a partir das 16:00 com entrega de prémios do concurso de fotografia "A Inclusão na Diversidade" e lançamento da 23.ª edição da revista digital Plural&Singular 

Deficiência auditiva serve de mote na peça “Tribos” com António Fagundes

 

Depois da estreia portuguesa em Lisboa, a peça teatral “Tribos” segue para o Coliseu do Porto nos dias 3 e 4 de outubro às 21h30 e no Theatro Circo de Braga no dia 5 outubro.

Esta comédia, além de entreter, pretende desafiar o público a questionar através de Billy, a personagem da peça com deficiência auditiva, o que é a verdadeira surdez.  

Protagonizada por António Fagundes, juntamente com o filho Bruno Fagundes, a peça conta ainda no elenco com Arieta Correia, Eliete Cigaarini, Guilherme Magon e Maíra Dvorek. A direcção é de Ulysses Cruz.

“O espetáculo é uma premiada comédia perversa, da autoria de Nina Raine, que promete criar uma inusitada relação com a plateia – entreter, provocar e ao mesmo tempo entregar um extraordinário momento ao público.

A autora, de uma forma divertida e politicamente incorreta, usa a personagem de um deficiente auditivo para questionar as diversas limitações do ser humano. Quem será mais surdo? Aquele que não consegue “calar-se” o tempo suficiente para entender uma realidade diferente da sua, ou, aquele que fisicamente é incapaz de receber estímulos auditivos? Existirá surdez maior que o preconceito, o orgulho, a ignorância, o egoísmo ou a falta de amor?

“Billy (Bruno Fagundes), nasceu surdo no seio de uma família sem deficiências auditivas. Foi criado dentro de um casulo ferozmente idiossincrático e politicamente correcto, adaptando-se brilhantemente ao comportamento pouco convencional da sua família. Mas quando Billy conhece Sylvia (Arieta Correia), uma jovem mulher prestes a ficar surda, conhece uma nova realidade. Este será o ponto de viragem que o colocará, assim como ao público, perante a dúvida do que realmente significa pertencer a algum ‘lugar’”.

 

Informações úteis: 

Coliseu do Porto - 3 e 4 de outubro 2014 às 21h30

Theatro Circo de Braga - 5 outubro

 

Acessibilidade para surdos:

Coliseu do Porto: (intérprete vai estar sentada no palco, do lado esquerdo para quem está na plateia de frente para o palco). Dia da acessibilidade é 4 de Outubro

ATENÇÃO: o espetáculo começa rigorosamente no horário e não será permitida a entrada após o início.

Duração: 1h20

Classificação etária: M/12

Bilhetes à venda: Teatro Tivoli BBVA, Coliseu do Porto, Theatro Circo,www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, El Corte Inglés , C. C. Dolce Vita, Casino Lisboa, Galerias Campo Pequeno, Ag. Abreu, Agência ABEP, MMM Ticket e C. C. Mundicenter. 

4°C

Lisboa

Limpo

Humidade: 49%

Vento: 14.48 km/h

  • 03 Jan 2019 7°C 3°C
  • 04 Jan 2019 8°C 1°C