Nada sober vós sem vós

Log in
updated 5:56 PM WET, Nov 22, 2017
Informação:
ACOMPANHE: Todas as novidades sobre os projetos com 'marca' Plural&Singular. Além do concurso de fotografia internacional em que TODOS cabem - cuja cerimónia de entrega de prémios decorre dia 3 e dezembro no CPF, no Porto - avançamos com formações em Comunicação Acessível e Sexualidade&Afetos, o projeto "Nós os cuidadores - sessões de grupo para cuidadores informais!" e com candidaturas ligadas ao ERASMUS+            Consulte também a página do Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media e adira ao nosso grupo de debate e partilha no facebook  

Certificados para seis Duplas de Intervenções Assistidas por Animais

No domingo, 24 de julho, decorreu em Oliveira de Azeméis, a cerimónia da entrega de certificados a seis Duplas de Intervenções Assistidas por Animais, conforme apontou a Associação ÂNIMAS.

De acordo com nota remetida às redações, a presidir à cerimónia esteve o vereador dos pelouros da Educação, Valorização Ambiental e Bem-Estar Animal da autarquia de Oliveira de Azeméis, Isidro Figueiredo, que na sua intervenção demonstrou interesse em voltar a contar com a parceria da ÂNIMAS no desenvolvimento de projetos de educação, principalmente nas Unidades de Multideficiência.

Já a presidente da ÂNIMAS, Liliana de Sousa, salientou a importância da certificação das Duplas e das Instituições que trabalham com animais.

“Nos dias de hoje, há um crescendo de atividades com animais nos mais diversos contextos. O que se verifica, na maior parte dos casos, é uma falta de respeito pelo bem-estar animal e falta de preparação das pessoas que acompanham os cães. Podendo haver situações de perigo, que com a devida formação, estarão obviamente previstas e antecipadas”, refere a nota da ÂNIMAS.

Recorde-se que esta é a única associação portuguesa, até à data, a estar reconhecida internacionalmente pela Assistance Dogs Europe – ADEu.

Em Portugal a ÂNIMAS é reconhecida pelo Instituto Nacional para a Reabilitação, a par da Associação da Beira Aguieira.

Por fim a técnica da Santa Casa da Misericórdia da Murtosa, Ana Silva, que falou em nome dos formandos, apontou “a mais-valia da formação na relação que se estabelece entre as duplas e capacidade dada aos formandos para que, no futuro, o desempenho de intervenções assistidas por animais decorra de forma a maximizar os objetivos previstos, salvaguardando o bem-estar dos animais e a segurança dos utentes”.

As Intervenções Assistidas por Animais englobam

Atividades Assistidas por Animais (AAA) - É uma intervenção sem objetivos específicos que pode ocorrer em vários contextos, dirigida por voluntários com formação que produzirá benefícios a nível motivacional, educacional e recreativo e que não exige a medição e o registo dos resultados.
 
Terapia Assistida por Animais (TAA) - Trata-se de uma intervenção com objetivos específicos que integra o animal como elemento do processo de tratamento. É dirigida por profissionais de saúde e destina-se a promover uma melhoria no funcionamento físico, social, emocional ou cognitivo. O processo deve ser documentado e avaliado de forma contínua.

Educação Assistida por Animais (EAA) - Trata-se de uma intervenção com objetivos específicos na área da Educação (comportamentais ou de aprendizagem) que integra o animal como elemento do processo de intervenção. É dirigida por profissionais de educação e destina-se a promover uma melhoria emocional e/ou cognitiva. O processo deve ser documentado e avaliado de forma contínua.

A propósito recordamos peça publicada na nossa quarta edição da revista trimestral digital publicada em setembro de 2013, sendo destaque da secção Saúde e Bem-Estar. Para ler clique AQUI!

Deixe um comentário

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

publicidade

publicidade

Publicidade

2°C

Lisboa

Sunny

Humidity: 50%

Wind: 17.70 km/h

  • 23 Nov 2017 6°C 0°C
  • 24 Nov 2017 9°C 0°C

Publicidade