Logo
Imprimir esta página

Guiné-Bissau: Estudo sobre acessibilidade nas escolas

 


A Handicap International e a Federação das Associações de Pessoas com Deficiência, em parceria com o Ministério da Educação da Guiné-Bissau, estão a promover a inclusão e permanência das crianças com deficiências nas escolas regulares do país.

Em comunicado estas instituições avançaram que o primeiro passo é realizar um diagnóstico participativo de acessibilidade em sete escolas de Bissau, algo que já está aliás a decorrer.

O projeto está a dinamizar representantes dos ministérios, professores, diretores das escolas e parceiros, uma vez que todos estão a receber sensibilização no domínio da acessibilidade universal, ao mesmo tempo que são avaliadas as condições atuais.

A questão base deste trabalho é: “Até que ponto os estabelecimentos de ensino podem receber crianças com deficiência”.

Nota para o facto de se tratar de uma iniciativa quer de organizações guineenses, quer de estrangeiras.

A atividade é organizada no âmbito do projeto “Promoção da Educação Inclusiva na Guiné-Bissau”, sendo cofinanciado pela União Europeia (UE) e pela Agência Francesa de Desenvolvimento, com apoio da associação Vida Brasil.

Copyright © 2015 designPDT. All Rights Reserved. Designed by Pedro Dantas Teixeira.