Nada sober vós sem vós

Log in
updated 5:39 PM WEST, Oct 15, 2018
Informação:
CONTAGEM DECRESCENTE: candidaturas ao concurso internacional de fotografia "A inclusão na diversidade" promovido pela Plural&Singular em parceria com o Centro Português de Fotografia | envie até três fotos para geral@pluralesingular.pt | informações no regulamento | fácil e simples

Angola: Parlamento discute lei sobre acessibilidades


A Lei das Acessibilidades, documento que visa defender as pessoas com mobilidade reduzida de Angola, está a ser discutido pelo parlamento angolano e será votado este mês.

Um dos objetivos do documento é criar ferramentas para garantir que todos os edifícios tenham acesso facilitado.

O Governo angolano, conforme se lê na imprensa de Luanda, considera que esta é “uma Lei importante”.

“Qualquer um de nós está sujeito a problemas na vida, como um desastre, por exemplo, que pode impedir a pessoa de movimentar-se livremente. Propondo esta Lei, estamos a prever o futuro de todos os cidadãos para que tenham acesso aos edifícios e serviços sem qualquer tipo de dificuldade”, disse, a propósito desta Lei das Acessibilidades, o ministro João Baptista Kussumua.

Na prática trata-se de criar normas gerais, condições e critérios de acessibilidade para as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Também é objetivo eliminar as barreiras de acesso a todos os sistemas e serviços da comunidade.

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

publicidade

publicidade

Publicidade

16°C

Lisboa

Breezy

Humidade: 41%

Vento: 46.67 km/h

  • 17 Out 2018 16°C 7°C
  • 18 Out 2018 8°C 4°C

Publicidade