Nada sober vós sem vós

Log in
updated 6:13 PM UTC, Dec 31, 2022
Informação:
ESTEJA ATENTO: a Plural&Singular faz 10 anos e vai lançar a 28.ª edição da revista digital semestral que dá voz às questões da deficiência e inclusão

Cabo Verde institui 2014 como Ano da Solidariedade com Crianças com Paralisia Cerebral

 

O Governo de Cabo Verde instituiu 2014 como Ano da Solidariedade com Crianças com Paralisia Cerebral conforme notícia o site África 21 Digital.

A notícia cita a ministra da Juventude, Emprego e Desenvolvimento dos Recursos Humanos cabo-verdiana, Janira Hopffer Almada, segundo a qual esta medida, já publicada no Boletim Oficial, foi uma promessa do primeiro-ministro José Maria Neves feita nas festividades do Natal de 2013 na Associação das Familiares e Amigos das Crianças com Paralisia Cerebral (Acarinhar).

José Maria Neves terá defendido, à época, a necessidade das entidades públicas, privadas e da sociedade redobrarem os esforços para melhorar as condições das crianças que necessitam de cuidados especiais, tendo o Governo a obrigação de legislar.

De acordo com Janira Hopffer Almada o executivo do Governo de Cabo Verde está trabalhar com as associações que lidam com a questão, sobretudo com a Acarinhar, para delinear um plano de atividades e promover o impulso na promoção de mais oportunidades às pessoas com a deficiência.

A Acarinhar faz parte do grupo das Organizações Não Governamentais que assinaram um protocolo com o Governo cabo-verdiano para co-financiamento das atividades desenvolvidas.

Esta instituição acompanha cerca de 220 crianças com paralisia cerebral.

Publicada em 17 mar 2014

Consola de depuração Joomla

Sessão

Dados do perfil

Utilização de memória

Pedidos à Base de dados