Nada sober vós sem vós

Log in
updated 12:49 PM WEST, Aug 20, 2019
Informação:
JÁ DISPONÍVEL: 22.ª edição da revista digital semestral Plural&Singular para 'download' e visualização 'online' | CONCURSO DE FOTOGRAFIA com prazo de candidaturas já aberto, consulte o regulamento!

Portugal é tetracampeão do Mundo em atletismo


Portugal sagrou-se domingo tetracampeão mundial por equipas nos Campeonatos do Mundo INAS de pista coberta, que se realizaram em Ancona, Itália. A Seleção lusa conseguiu o título tanto em masculinos como femininos.

No setor masculino Portugal somou 85 pontos, ficando à frente da França (59 pontos) e Espanha (54).

No setor feminino a Seleção portuguesa conseguiu 61 pontos, batendo a Ucrânia, segunda com 45 pontos e a França, terceira com 36.

Portugal conseguiu 23 medalhas no total, sendo o país com melhor medalheiro geral com nove medalhas de ouro.

Notas publicadas nas páginas da Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência (FPDD) e da Associação Nacional de Desporto para a Deficiência Intelectual (ANDDI) apontam que merece “destaque individual” a jovem açoriana Ana Filipe, uma vez que foi considerada a Atleta desta nona edição dos Campeonatos do Mundo INAS de pista coberta.

RESUMOS


Terceiro e último dia (13.03.2016)
. Ana Filipe e Lenine Cunha terminaram em 1.º nos respetivos concursos de salto em altura com 1.43m (melhor marca da época) e 1.63 respetivamente.

. Cristiano Pereira conseguiu o ouro nos 800 metros, com 1.59.64, tal como a estafeta feminina de 4x400 metros, formada por Ana Ramos, Raquel Cerqueira, Maria Sousa e Ana Filipe com o registo de 4.48.28.

. Carlos Lima nos 200 metros, com o recorde pessoal de 24.01, conseguiu o bronze.

. A estafeta masculina dos 4x400m, constituída por Cristiano Pereira, António Monteiro, Lenine Cunha e Carlos Lima, que com 3.45.92 alcançaram o 4.º lugar, ficando muito perto das medalhas.


Segundo dia (12.03.2016)

. O lugar mais alto do pódio foi obtido pela estafeta feminina de 4x200 metros, composta por Ana Ramos, Ana Filipe, Raquel Cerqueira e Maria Sousa, com a marca de 1.59.54.

. Ana Ramos na marcha (23.13.25) e Pedro Isidro (12.54.88) nos 3000 metros da especialidade conseguiram o ouro e na mesma prova, Afonso Roll estreou-se em competições internacionais com a medalha de prata e o tempo de 16.49.87, que constitui melhor marca pessoal.

. De prata foram ainda as provas de José Azevedo nos 3000m (8.52.96 – melhor marca da época), de Maria Sousa nos 60m (8.33 – Recorde Nacional de Juniores) e de Inês Fernandes no lançamento do peso (11.39m).

. Também alcançaram o bronze Raquel Cerqueira nos 60m Barreiras (11.77), Ana Filipe com 5.03m, Carlos Lima nos 60m com 7.42 (melhor marca pessoal) e no peso com 8.15m (melhor marca pessoal), Lenine Cunha no salto em comprimento com 6.15m e a Estafeta Masculina dos 4x200m com Cristiano Pereira, António Monteiro, Carlos Lima e Lenine Cunha, com 1.45.88.


Primeiro dia (11.03.2016)
. Cristiano Pereira sagrou-se campeão do mundo da prova de 1.500 metros, com a marca de 3:59.80, que constitui um novo recorde do campeonato.

. Lenine Cunha renovou o título de campeão mundial no pentatlo e subiu ao 2.º lugar do pódio no triplo salto, ao alcançar o registo de 13.04 metros, melhor marca da época.

. No triplo salto, Raquel Cerqueira obteve a medalha de bronze, ao atingir 8.64 metros, também melhor marca da época, enquanto Ana Ramos conseguiu o bronze no pentatlo.

Informações e fotos: FPDD e ANDDI

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

publicidade

publicidade

Publicidade

4°C

Lisboa

Limpo

Humidade: 49%

Vento: 14.48 km/h

  • 03 Jan 2019 7°C 3°C
  • 04 Jan 2019 8°C 1°C

Publicidade