Nada sober vós sem vós

Log in
updated 6:13 PM UTC, Dec 31, 2022
Informação:
ESTEJA ATENTO: a Plural&Singular faz 10 anos e vai lançar a 28.ª edição da revista digital semestral que dá voz às questões da deficiência e inclusão

Sara Rocha: “Infelizmente quando pertencemos a minorias, não podemos não nos preocupar em não lutar pelos nossos direitos”

Sara Rocha foi diagnosticada com autismo aos 29 anos e desse então é uma das vozes que se levantam para desmistificar o que é ser autista. Licenciada em Análises Clínicas e Saúde Pública e mestre em Gestão e Economia dos Serviços de Saúde, a jovem de 32 anos é a presidente da Associação Portuguesa Voz do Autista que desde a respetiva criação tem tentado transformação a visão negativa associada a esta neurodivergência em orgulho.

Catarina Oliveira: “Acho que os próximos anos vão continuar a ser anos de luta e de reivindicação, anos de conversa, de diálogo e de informação”

Descreve-se como “obstinada” e alguém que “procura deixar uma semente”. É consultora na área da diversidade e da inclusão, nutricionista, ativista dos Direitos das Pessoas com Deficiência com especial foco na área das acessibilidades. A Catarina Oliveira, que usa cadeira de rodas desde 2016 e acredita que a mudança de mentalidades nasce do diálogo, é a nona entrevistada pela Plural&Singular para o artigo de capa que assinala os 10 anos desta revista digital.

Paulo Lemos: “Nos próximos 10 anos gostava que as pessoas com deficiência fizessem tudo aquilo que não fizeram até hoje”

Os títulos enquanto atleta de Judo já se começam a acumular, mas nem a soma de tantas vitórias trava o desejo de conquistar mais triunfos. De olhos postos nos Jogos Paralímpicos Paris 2024, Paulo Lemos divide o tempo entre a prática desportiva, o trabalho na Câmara Municipal de Guimarães, o apoio acérrimo ao Vitória e ao Pevidém Sport Clube e ainda às aulas de canto e gosto por Karaoke.

Jorge Falcato: “A continuar esta indefinição de políticas, não auguro nada de bom para os próximos 10 anos”

Jorge Falcato é o sétimo entrevistado pela Plural&Singular para o artigo de capa que assinala os 10 anos desta revista digital. Arquiteto, ativista, convicto defensor da filosofia ligada ao modelo de vida independente, foi deputado na Assembleia da República como independente nas listas do Bloco de Esquerda, tornando-se o primeiro deputado com deficiência em Portugal. Atualmente, preside ao Centro de Vida Independente.

Alice Inácio: "Existe uma discriminação camuflada ao não saberem distinguir um surdo oralista de um surdo gestualista"

Estudou Design de Comunicação na Escola Superior de Tecnologias e Artes de Lisboa e atualmente trabalha como designer e ilustradora. É membro consultivo do Fórum Europeu da Deficiência, dirigente da Confederação Nacional de Organizações de Pessoas com Deficiência e membro fundadora da Associação OUVIR. Alice Inácio é ativista dos direitos das pessoas com deficiência e foi uma das responsáveis por lutar pela comparticipação estatal da colocação dos dois implantes cocleares.

Luís Isidorinho: “É importante continuar a apostar no desenvolvimento de políticas comuns nos vários países europeus”

É engenheiro informático, dirigente federativo, assumidamente teimoso e como missão de vida abraçou o associativismo para “ajudar os outros”. Chama-se Luís Isidorinho e é o quinto entrevistado pela Plural&Singular para o artigo de capa que assinala os 10 anos desta revista digital. O atual vice-presidente da Federação das Associações Portuguesas de Paralisia Cerebral nasceu como muitas outras crianças, mas com um “pormenor” que, ao longo da vida, foi lutando para não se tornar um “por maior”: uma anoxia perinatal fez com que a paralisia cerebral passasse a ser a sua “companheira de vida”.

Lenine Cunha: “A nível desportivo, é preciso fazer um trabalho muito grande focado na renovação”

Eleito recentemente melhor atleta do mundo com deficiência intelectual, Lenine Cunha, que gosta de ser tratado por Lenny, já não tem vitrinas suficientes para guardar as medalhas alcançadas ao longo da vida. São mais de duas centenas e incluem um bronze nos Jogos Paralímpicos Londres2012. Atualmente representa o Clube Futebol Oliveira do Douro e sonha saltar os 100 metros até aos 80 anos. É o quarto entrevistado da Plural&Singular para o artigo de capa que assinala os 10 anos desta revista digital

David Fonseca: "Uma das resoluções mais importantes é simplesmente a educação que temos na infância, a partir dai é que vamos moldar as mentalidades com ação"

Formado em Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade Humanas pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, David Fonseca sempre foi muito ativo no âmbito da infoacessibilidade em todas as entidades por onde passou. Já foi presidente da SUPERA - Sociedade Portuguesa de Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade, faz parte da Associação de Surdos do Porto e, enquanto dirigente associativo e voluntário passou por mais entidades, nomeadamente como diretor do Boletim Informativo "Surdos Notícias" da Federação Portuguesa das Associações de Surdos. Trabalhou alguns anos na Portugal Telecom, mas é agora motorista de pesados e decidiu abrandar o ativismo para se dedicar mais à família, nomeadamente às filhas gémeas de nove anos.

Rui Machado: “Será importante dar continuidade aos ganhos alcançados e tentar que cheguem a todas as pessoas”

Psicólogo, escritor, ativista, reivindicativo, sonhador, Rui Machado é o segundo entrevistado pela Plural&Singular para o artigo de capa que assinala os 10 anos desta revista digital. Tem 39 anos e trabalha na APPACDM do Porto. Uma doença neuromuscular e um Portugal que, sobretudo para alguns tipos de deficiência, “ainda esquece e discrimina”, obrigaram-no a fazer uma “travessia no deserto” que só nos últimos 10 anos começou a ser transponível. Cocriador do Movimento “Sim, nós fodemos”, integra o projeto-piloto de assistência pessoal do Centro de Apoio à Vida Independente.

Ana Sofia Antunes: “As pessoas com deficiência têm mais espaço, mais visibilidade e estão cada vez mais nas ruas e não dentro de casa e dentro de respostas sociais”

É Secretária de Estado da Inclusão e a primeira entrevistada pela Plural&Singular para o artigo de capa que assinala os 10 anos desta revista digital. Antes de ser eleita, em 2015 enquanto Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, exerceu advocacia, foi assessora jurídica na Câmara Municipal de Lisboa e presidente da ACAPO. É mulher, mãe, teimosa, bem-disposta e alegre. É no presente que fala dos 10 anos passados, em jeito de quem faz um balanço da atuação do Governo em matéria de inclusão das pessoas com deficiência.

Plural&Singular completa 10 anos

A revista digital Plural&Singular dedicada à temática da deficiência e da inclusão gerida pelo Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media completa 10 anos e para celebrar esta data, esta organização vimaranense pretende realizar ao longo dos próximos meses várias iniciativas comemorativas.

21 e 23 de maio celebram a inclusão na diversidade cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento

O Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento é este ano celebrado, pela Plural&Singular e o Palavras Infinitas – Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media que a gere, com a abertura da exposição de fotografias vencedoras da 8.ª edição do concurso internacional de fotografia “A inclusão na diversidade” a partir das 17h00, no Instituto de Design de Guimarães (Idegui).

Procuram-se jovens com deficiência para semear e espalhar mudanças

O Seeds of Change: Take Yours and Spread, um projeto desenvolvido pelo Palavras Infinitas - Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media, tem marcado para 29 de abril, a partir das 18h00, a apresentação do que propõe realizar durante 12 meses de atividade com vista a identificar os jovens com deficiência espalhados por Portugal e capacitá-los enquanto agentes de mudança.

Era uma vez…o Estórias da Madeira

A candidatura do Estórias da Madeira – Oficina de criatividade, empoderamento e transformação pessoal, um projeto desenvolvido pelo Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media em parceria com a Because I Care submetida ao Parcerias para o Impacto do Portugal Inovação Social, foi aprovada.

Guimarães-Porto: a viagem da inclusão na diversidade

Proposta de roteiro para o dia 03 de dezembro: de manhã assista à apresentação do livro “Cicatrizes no corpo e na alma”, de Cândida Proença, que se realiza às 11h00 no Paço dos Duques de Bragança, em Guimarães, e depois siga para o Porto e marque presença na inauguração da exposição das fotografias vencedoras da 7.ª edição do concurso internacional de fotografia “A inclusão na diversidade” a partir das 17h00, no Centro Português de Fotografia.

Pessoas com deficiência protestam pelo direito ao acesso antecipado à reforma

Muitos associados e amigos do Centro de Vida Independente (CVI) amanhã, 16 de setembro, vão estar em frente à Assembleia da República, a partir das 14 horas, porque se sentem “fartos de esperar” pela definição das condições de acesso à reforma para as pessoas com deficiência. O CVI apela a todos os apoiantes desta causa a juntarem-se neste protesto que pretende “velar simbolicamente o cadáver imaginário de um trabalhador com deficiência que morreu sem ter tido a oportunidade de gozar um único dia de reforma”.

Guimarães: o palco da inclusão na diversidade

 

Um dia dedicado à “inclusão na diversidade” é a proposta da Plural&Singular e do Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media que gere esta revista digital para um passeio inclusivo pela cidade de Guimarães. Este evento realiza-se no dia 17 de julho, a partir das 13h00 no café-concerto do Centro Cultural Vila Flor e culmina às 18h00 no mercado municipal, local escolhido para a inauguração da exposição de fotografias da 7.ª edição do concurso internacional de fotografia, promovido desde 2014 em parceria com o Centro Português de Fotografia (CPF), no Porto.

Guimarães: o palco da inclusão na diversidade

Um dia dedicado à “inclusão na diversidade” é a proposta da Plural&Singular e do Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media que gere esta revista digital para um passeio inclusivo pela cidade de Guimarães. Este evento realiza-se no dia 17 de julho, a partir das 13h00 no café-concerto do Centro Cultural Vila Flor e culmina às 18h00 no mercado municipal, local escolhido para a inauguração da exposição de fotografias da 7.ª edição do concurso internacional de fotografia, promovido desde 2014 em parceria com o Centro Português de Fotografia (CPF), no Porto.

Guimarães abre Gabinete de Apoio ao Cuidador

Realizou-se ontem, 19 de fevereiro, a cerimónia de formalização do Programa “Guimarães Concelho Cuidador”, uma iniciativa coordenada pelo município vimaranense que passa a ser operacionalizada através de um Gabinete de Apoio ao Cuidador localizado na delegação de Guimarães da Cruz Vermelha Portuguesa.

Continuam abertas as candidaturas ao concurso internacional de fotografia “A inclusão na diversidade”

As candidaturas ao concurso internacional de fotografia “A inclusão na diversidade” continuam abertas: A organização da 7.ª edição do “A inclusão na diversidade” decidiu, tendo em consideração os constrangimentos associados ao contexto de pandemia de covid-19, proceder a uma alteração profunda no calendário desta iniciativa. Lançado em 2014 pela Plural&Singular, em parceria com o Centro Português de Fotografia (CPF), local que acolhe a exposição dos vencedores, este concurso de fotografia, em 2020, continua à procura da "inclusão na diversidade" e desafia tanto fotógrafos amadores como profissionais a participar. As candidaturas podem ser entregues por correio ou email até 15 de abril.

Guimarães: Plural&Singular “troca por miúdos” conceitos complexos na ASSP

A Plural&Singular, marca gerida pelo Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media, e a Delegação de Guimarães da Associação de Solidariedade Social dos Professores (ASSP Guimarães) apostam no desenvolvimento do projeto “Trocar por miúdos - Eu, o outro e o mundo”- conceitos complexos explicados às crianças e jovens” e vão desenvolver, a partir de hoje, 29 de junho, 10 sessões dirigida ao público infantojuvenil que frequenta as atividades de tempos livres nas férias de verão.

Guimarães: Open de Judo Adaptado

A Cercigui de Guimarães em parceria com a secção de judo do Vitoria Sport Clube realizou o Open de Judo de Guimarães a 22 de fevereiro no Dojo do Vitória SC, no Estádio D. Afonso Henriques. 

Albufeira: derruba mitos e preconceitos da “Sexualidade na Deficiência”

No dia 14 de fevereiro, a partir das 10h00, a Biblioteca Municipal Lídia Jorge, em Albufeira, recebe o Simpósio sobre a “Sexualidade na Deficiência” que conta com a participação do psicólogo clínico e sexólogo, Jorge Cardoso, a vereadora do município de Vila Franca de Xira, Manuela Ralha, e a psicóloga clínica e neuropsicóloga, Ana Garrett.

Transportes públicos: o Sérgio "reclamou", a Carris respondeu

Sérgio Alexandre Lopes na madrugada do dia 01 de janeiro não teve tarefa fácil para regressar a casa depois de festejar a passagem de ano. O autocarro da Carris, em Lisboa, em que deveria seguir tinha a rampa avariada e o habitual “vai ter que esperar pelo próximo” desta vez encontrou um cidadão com mobilidade reduzida com vontade de dizer basta. Sérgio Alexandre Lopes decidiu bloquear a passagem do autocarro e desde essa altura o tema tem dado “pano para mangas”.

A festa acabou, mas fica a exposição “A inclusão na diversidade” até final do mês

Quem for agora visitar o Centro Português de Fotografia vai encontrar, até ao final de dezembro, as fotografias vencedoras da 6.ª edição do concurso internacional de fotografia “A inclusão na diversidade”. Já não há vestígios do evento de terça-feira, dia 03 de dezembro, que juntou vários amigos da Plural&Singular e apaixonados desta arte. Só a memória dos presentes e algumas imagens guardam os momentos partilhados para mais tarde recordar.

“Feitas de Ferro, desenhadas a carvão” da APPC estreia sábado em Paranhos Destaque

A violência sobre as mulheres é o ponto de partida da mais recente produção do grupo “Era uma vez... Teatro”, da Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC)

A estreia está agendada para sábado às 21h30, no Auditório Horácio Marçal (Junta de Freguesia de Paranhos). Em cena serão apresentadas as histórias de dez mulheres que decidem “romper o palco e aumentar as possibilidades de sobrevivência” – despindo aquilo que o coletivo de teatro da APPC retrata como um “silêncio indigno das mulheres maltratadas”.

A Plural&Singular faz anos e o concurso de fotografia canta-lhe os parabéns

Os vencedores do concurso internacional de fotografia “A inclusão na diversidade” já foram selecionados do leque de 100 fotografias recebidas e serão dados a conhecer a 03 de dezembro no Centro Português de Fotografia, no Porto, altura em que se vai cantar os parabéns à Plural&Singular pelos sete anos de existência desta revista digital dedicada à temática da deficiência/diversidade funcional.

Quase três centenas de participantes na Academia FORMEM 2019

 

293 pessoas participaram na 3.ª edição da Academia FORMEM, uma iniciativa organizada pela Federação Portuguesa de Centros de Formação Profissional e Emprego de Pessoas com Deficiência (FORMEM) que, anualmente, se compromete a proporcionar a todos o interessados um evento para estimular a aprendizagem e a reflexão de temas relacionados com o apoio às pessoas com deficiência e incapacidade.

“A inclusão na diversidade”: Uma centena de imagens para avaliar sexta-feira

Nem mais, nem menos, foram 100 as fotografias recebidas, num total de 42 candidaturas, no âmbito do concurso internacional de fotografia “A inclusão na diversidade” da Plural&Singular. E é já na sexta-feira, dia 08 de novembro, que o trio de jurados vai avaliar a centena de imagens candidatas da edição de 2019 desta "maratona fotográfica" em homenagem à inclusão e à diversidade.

Dia nacional da Paralisia Cerebral

As Comemorações do Dia Nacional da Paralisia Cerebral, que se assinala amanhã, 20 de outubro, acontecem em Guimarães para celebrar também os 25 anos da Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães (APCG).

“A inclusão na diversidade”: Veja as fotografias vencedoras das cinco edições do concurso com descrição

Disponibilizámos “em modo teste” as descrições das 16 fotografias vencedoras das cinco edições do Concurso Internacional de Fotografia “A inclusão na diversidade”, um trabalho que só foi possível realizar graças à parceria que o Instituto Politécnico de Leiria, no âmbito do mestrado em Comunicação Acessível estabeleceu com o Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media que gere a marca ‘Plural&Singular’.

Universidade do Minho: Capacitar mulheres com deficiência

“Capacitar mulheres com deficiência [Empowering Women with Disabilities]” é o mote para a iniciativa programada para amanhã, 02 de outubro, no âmbito do Projeto Europeu RISEWISE – “RISE Women with disabilities In Social Engagement” a realizar na sala 0.29 da Escola de Arquitetura da Universidade do Minho no campus de Azurém, em Guimarães.

Coimbra: Academia FORMEM 2019 é já em outubro

A 3.ª edição da Academia FORMEM, uma iniciativa organizada pela Federação Portuguesa de Centros de Formação Profissional e Emprego de Pessoas com Deficiência (FORMEM) e cofinanciada pelo Programa de Financiamento a Projetos do Instituto Nacional Para a Reabilitação (INR,I.P.), realiza-se de 21 a 25 de outubro no Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro, em Coimbra.

Assinar este feed RSS

Consola de depuração Joomla

Sessão

Dados do perfil

Utilização de memória

Pedidos à Base de dados